Glândulas de Tyson: o que são?

11/06/21 - 10:53

Dr. Gelbert Luiz Chamon do Carmo Amorim

As glândulas de Tyson são um tipo de estruturas do pênis que estão presentes em todos os homens, na região em volta da glande. Estas glândulas são responsáveis por produzir um líquido lubrificante que facilita a penetração durante o contato íntimo e são, muitas vezes, invisíveis. No entanto, existem casos em que estas glândulas estão mais visíveis, parecendo pequenas bolinhas ou espinhas brancas em volta da cabeça do pênis e sendo chamadas cientificamente de pápulas peroladas.

Normalmente não há necessidade de que seja feito tratamento para as glândulas de Tyson, já que se trata de uma alteração normal e benigna, porém caso o homem fique incomodado e sinta sua auto-estima diminuída, por exemplo, deve ir ao médico para que possa ser sugerida a opção de tratamento mais adequada.

Causas e sintomas da glândula de Tyson
As glândulas de Tyson são estruturas presentes no pênis desde o nascimento, não havendo outra causa relacionada ao seu aparecimento. No entanto costumam ser melhor visualizadas durante a ereção e a relação sexual, uma vez que são responsáveis pela produção de líquido lubrificante que facilita a penetração.

Além de ser considerada uma estrutura normal e benigna, as glândulas de Tyson não levam ao aparecimento de sinais ou sintomas, porém pode causar desconforto estético para o homem. As glândulas de Tyson são pequenas bolinhas brancas que aparecem por baixo a cabeça do pênis que não coçam ou doem, porém no caso de surgir qualquer sintoma é importante ir ao médico para que seja investigada a causa, pois nesses caso as bolinhas podem não corresponder às glândulas de Tyson.

Opções de tratamento
Na maioria dos casos, as glândulas de Tyson não precisam de qualquer tipo de tratamento, pois são benignas e não causam problemas de saúde. Porém, em alguns homens, podem causar uma grande alteração da imagem do pênis, o que acaba dificultando suas relações. Nesses casos, o urologista pode recomendar:

Cauterização: esta técnica consiste em usar uma corrente elétrica para queimar as glândulas e removê-las da glande. Normalmente, este procedimento é feito com anestesia local;

Pequena cirurgia: o médico aplica anestesia local e depois utiliza um bisturi para remover as glândulas. Esta técnica pode ser feita no consultório por um urologista experiente.

Embora fosse mais fácil aplicar um remédio ou pomada para eliminar as glândulas de Tyson, ainda não existem. Além disso, a remoção das pápulas peroladas pode causar ressecamento do pênis, que fica irritado e com a pele quebrada mais facilmente. 

Dessa forma, o tratamento é quase sempre evitado e não recomendado pelo urologista.

imagem