Bombeiros têm Unidade de Resgate

17/01/22 - 16:45

A 5ª Cia Independente do Corpo de Bombeiros de Sete Lagoas recebeu uma nova Unidade de Resgate para sua frota e equipamentos de salvamento. A nova viatura e os equipamentos de proteção respiratória serão fundamentais para a atuação segura e rápida do Corpo de Bombeiros em Sete Lagoas e outros 21 municípios que estão inseridos na área de cobertura da 5a. Companhia. “Com esta unidade, diminuiremos o tempo de reposta em ocorrências garantindo agilidade e conforto”, definiu o Coronel Peron Batista da Silva Laignier, comandante do 1º Comando Operacional do Corpo de Bombeiro de Minas Gerais. (Jornal Sete Dias – Sete Lagoas)

Norte receberá R$ 123 mi em energia solar
Uma das principais empresas líderes em transformação energética no Brasil, a Evolua Energia, anunciou investimentos de R$ 123 milhões em novas usinas solares em Minas Gerais para aumentar sua capacidade de geração de energia. O primeiro parque solar da empresa, inaugurado em outubro de 2020, está situado em Pirapora, às margens do Rio São Francisco. Uma das novas usinas, inaugurada em outubro deste ano, está localizada na cidade de Nova Ponte. Os demais quatro parques solares serão inaugurados no primeiro semestre de 2022, nas cidades de Montes Claros e Buritizeiro. (Jornal de Notícias – Montes Claros)

Vagas do Cefart
Um dos mais tradicionais centros de formação artística de Minas Gerais continua garantindo qualidade, abrangência e otimização do ensino para alunos e professores. Para o ano letivo de 2022, a Fundação Clóvis Salgado, por meio do Centro de Formação Artística e Tecnológica (Cefart), anuncia a abertura de inscrições para seus Cursos Regulares em Artes, que podem ser realizadas gratuitamente do dia 12 até o dia 31 de janeiro de 2022 através de formulário online. Ao todo, são ofertadas 385 vagas em 16 diferentes cursos das Escolas de Artes Visuais, Dança, Música, Teatro e Tecnologia da Cena. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

Chuva ultrapassa esperado para janeiro
Segundo o pluviômetro automático do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), instalado no Campus da UFJF, choveu em Juiz de Fora de forma ininterrupta, nesta semana, o equivalente a 60,6 milímetros. Este índice representa 18,9% de todas as precipitações previstas para janeiro na cidade, conforme a média histórica, que leva em consideração o comportamento das chuvas, no período, nos últimos 30 anos. Com esta última tempestade, Juiz de Fora alcança, em 13 dias, 335 milímetros de precipitações em janeiro, acumulado que representa 104% dos 322 milímetros das chuvas esperadas para o mês. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Formiga inicia ano letivo em 7 de fevereiro
O ano letivo para cerca de 5.800 alunos, da rede municipal de ensino de Formiga, terá início no dia 7 de fevereiro. Todos os preparativos estão sendo organizados para iniciar o ano escolar, tais como: planejamento pedagógico, aquisição de mobiliários, pintura, contratações de profissionais e aquisição de merenda. A expectativa é de que tudo esteja pronto para receber os alunos presencialmente no retorno das aulas. Porém, o monitoramento das condições epidemiológicas, em função do aumento de casos de Covid-19, é constante. (Nova Imprensa – Formiga)

Flurona no Triângulo Mineiro
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais confirmou esta semana os primeiros casos de dupla infecção por covid-19 e Influenza, conhecida por Flurona, no Triângulo Mineiro. Uma ocorrência foi registrada em Araxá e outra em Uberlândia. Outros 12 casos de dupla infecção foram confirmados em sete municípios de Minas Gerais: Belo Horizonte (1) Ipatinga (1), Itamonte (1), Juiz de Fora (5), Monte Carmelo (1), Poço Fundo (2), São Lourenço (1) e São Sebastião do Paraíso (1). Ainda de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, não foram notificadas mortes associadas aos casos reportados em nenhuma das cidades mineiras. (Jornal da Manhã – Uberaba)

Inadimplência no Fies
Mais de 35% dos 13,1 mil contratos de financiamento do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ativos em Uberlândia estão com atrasos acima de 90 dias. De acordo com dados repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), 4,7 mil estudantes estão inadimplentes no município. Segundo o levantamento do FNDE, em 2019, o número de contratos ativos em Uberlândia foi de 13.364. Os alunos inadimplentes atingiram um índice de 3.089. Já em 2020, início da pandemia de covid-19, os contratos foram reduzidos para 13.284 e o número de inadimplentes saltou para 3.940. Somente no ano passado, o número de contratos foi de 13.159 e alunos devedores chegaram a 4.702. (Diário de Uberlândia)

Pedido para suspensão de bandeira vermelha
O governador Romeu Zema enviou, nesta semana, ofício ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, solicitando a suspensão da “Bandeira Vermelha de Escassez Hídrica” nas contas de energia elétrica em Minas Gerais devido às fortes chuvas nas últimas semanas. “Quando a economia mineira ainda tentava se recuperar dos nefastos efeitos da pandemia de covid-19, agravada pela severa crise fiscal que se abate sobre as finanças estaduais, fomos atingidos pela catástrofe causada pela chuva desproporcional dos últimos dias. A solidariedade com os mineiros é emergencial”, afirmou. (Jornal Panorama – Baependi)

COLUNA MG
Rede de Notícias do Sindijori MG
www.sindijorimg.com.br

Veja Mais