O Esporte e a Cultura pedem passagem

15/10/21 - 15:50

O empresário Hudson Maciel, da Bazar Esportes
O empresário Hudson Maciel, da Bazar Esportes

O empresário Hudson Maciel, proprietário do Bazar Esporte, leu a reportagem do SETE DIAS sobre a situação da equipe “Basquete Sete Lagoas”, que não disputou um torneio por falta de uniformes. Fez contato com jornal e informou que isso não vai se repetir, pois a sua tradicional loja vai patrocinar, juntamente com a marca Finta, o material esportivo. A cidade agradece ao Hudson, e torce para que outros empresários e instituições sigam o exemplo, no basquete e nas tantas modalidades esportivas e atletas desamparados e sem apoio.

Impressionante como Sete Lagoas peca pela falta de políticas públicas voltadas ao Esporte e à Cultura, duas das atividades que mais promovem inserção social sustentável em países em desenvolvimento como o Brasil. Além de altamente recomendáveis para uma melhor saúde do corpo e da alma, evitam que, principalmente os jovens, optem pela marginalidade, com destaque para o consumo e comercialização de drogas. Como se sabe, quase 80% da criminalidade aqui e na maioria das cidades do país, tem ligação com o tráfico de entorpecentes.

No esporte e na cultura, grandes exemplos não faltam, de sete-lagoanos que se deram bem na vida, fizeram e fazem sucesso em função dessas áreas, nas suas diversas modalidades. Uma pena que os sucessivos prefeitos, com raras exceções, não enxerguem isso e não abraçam, verdadeiramente, a causas como essas. Seguramente os resultados positivos seriam imediatos com a queda da deliquência e o desafogamento do sistema de saúde, já que o esporte diminui, e cura incontáveis doenças, em todas as faixas etárias.

Além dos esportes mais praticados, como futebol, basquete, voleibol e artes marciais, Sete Lagoas possui espaços físicos e adeptos a incontáveis outros, como parapente, voo livre, corrida de rua, ciclismo e skate, sem falar nas caminhadas que podem ser feitas dentro e fora da área urbana. Na história da cidade, tivemos excelentes programas de um ou outra administração, porém, sem sequência, já que um prefeito sucessor não dá continuidade às iniciativas anteriores, mesmo quando são aprovadas pela maioria da comunidade.