A lista

21/12/21 - 15:32

Élida Gontijo

Vejo a rua cheia de pessoas, uma realidade bem diferente do final de 2020. Muito bom ver que há um fio de esperança nos olhares. Muitas pessoas comprando um mimo para os familiares, amigos, não tive tempo ainda, entre elaboração de provas, correções, conselhos de classe, recuperações, distraí e como sempre deixei para depois.

Agora resolvi fazer minha lista, não sou Roberto Carlos, mas tenho muitos amigos. Não precisarei sair de casa para adentrar os comércios bem cheios, fujo de aglomerações, nunca gostei, mesmo antes  do aparecimento do Coronavírus.

imagem

Então vamos aos mimos que quero distribuir: para meus amigos que amam a natureza, já coloquei em algumas caixinhas alguns raios do sol, um arco-íris que apareceu depois de uma gostosa chuva. Enfeitando mais, enriqueci o presente colocando um vidro com o perfume da Dama da noite, flor tão delicada e cheirosa.

Para os aventureiros, dos esportes radicais, coloquei nas embalagens o frio na barriga, a sensação de liberdade, a coragem acima de tudo.

Para os sensíveis, copiei versos de Fernando Pessoa, trechos de textos de Rubem Alves, misturei a beleza do luar e muito amor e embalei.

Para os mais tímidos, calados, enchi de palavras, coragem, descontração, caixas e caixas, só tocar todas se abrem e o falar se espalha livremente.

Para os solitários, coloquei minha foto com telefone, endereço, qualquer coisa é só me chamar para fazer companhia e divertirmos um pouco.

Para os festeiros, enchi de músicas com ritmos diferentes, alegria, movimento, felicidade.

São tantos perfis diferentes, que fica difícil terminar a lista, mas como forma de finalizar, decidi fechar com toda poesia, amor, inspiração, palavras, Deus, amizades, vocábulos que guardo nas prateleiras do meu coração.

Espero que todos gostem dos mimos que receberão, sejam muito felizes na finalização de mais um ano.

Dezembro de 2021.