Boas novas - O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta

04/04/21 - 08:10

Fátima Massula Dutra

Em 1 Coríntios 13:7,  por quatro vezes, a palavra “tudo” foi repetida. Logo, não é para excluir nada: até as mais graves ofensas estão incluídas nesse “tudo”. A frase “tudo sofre”, no original grego, significa “cobrir com um telhado”. Então devemos cobrir o que ocorreu, sem reclamar. 

Foi o que também o apóstolo Pedro registrou em 1 Pedro 4:8 “Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados”. O amor intenso cobre multidão de pecados e leva-nos a considerar a fraqueza do irmão como algo que ele não deseja, mas que se manifesta, justamente por ser uma fragilidade da vida humana. Certamente o irmão não optaria por esse caminho, mas foi enganado por Satanás, que o levou a incorrer em pecado. Daí, por causa do intenso amor, cobrimos o irmão, abandonando toda acusação ou reclamação, e o sustentamos por meio da oração. 

Nós, igualmente, temos fraquezas e imperfeições. O amor descrito em 1 Coríntios 13 é um poderoso antibiótico espiritual que cura todos os males. Que nos tornemos pessoas produtoras desse antibiótico eficaz que é o amor! Quando alguém tocar em nós, tocará no amor de Deus, que é capaz de curar todas as doenças e ofensas. “O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará”. (1 Coríntios 13:8). Alguns dons desaparecerão, outros cessarão, e ainda outros passarão, mas o amor permanecerá. Sem amor, deixamos de nos preocupar com as pessoas, mas, nutridos pelo amor, pagaremos o preço que for para apascentar, cuidar de outros e cooperar com a edificação do Corpo de Cristo. Se houver amor em nós, Deus nos usará em Sua obra. Você pode até pensar que não tem dom, mas, se tiver amor, terá tudo. Por meio do amor, cuidaremos das pessoas. 

Romanos 13:8 diz: “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei”. Será que estamos devendo amor a alguém? Por mais que amemos o próximo, haverá dentro de nós uma sensação de que ainda somos devedores. O amor é o antibiótico espiritual! A aplicação dele em nossa vida e no relacionamento com outras pessoas nos proporcionará uma vida maravilhosa. Que Deus abençoe você! Amém.

Veja Mais