Jogo foi razoável; Galo foi até bem, mas terá que jogar mais para eliminar o Boca na semana que vem no Mineirão

14/07/21 - 08:23

Foto: twitter.com/BocaJrsOficial
Foto: twitter.com/BocaJrsOficial

Chico Maia

Foto: twitter.com/BocaJrsOficial

Antes do jogo o Fred Ribeiro do Gobo.com lembrou bem: @fredfrm “Nos últimos oito jogos do Atlético, Nacho só participou de dois, fazendo 3 gols. Teve gripe, Covid, lesão muscular. Hoje, volta ao time em recuperação de lesão, e como capitão…”

E mais uma vez ele fez diferença, com a bola nos pés e na pressão sobre o árbitro Andrés Rojas, o colombiano de 36 anos de idade, que resistiu à tentativa de catimba do Boca e levou sete minutos para dar uma olhada no VAR e constatar que, realmente, o Nathan foi empurrado no lance que seria gol do time argentino. Possivelmente, caso Nacho não tivesse falado tanto nos ouvidos dele, nem tomaria conhecimento da existência do VAR.

De novo Cuca optou por três zagueiros, que funcionou a contento a maior parte do jogo. Porém, o Jr. Alonso atuando pela lateral esquerda é lento e cintura dura. Isso ficou demonstrado nas duas entortadas que levou no cruzamento que originou o gol anulado do Boca. O Galo fez boa partida, principalmente nos primeiros 25 minutos. A partir daí houve equilíbrio, o que significa que teremos um jogo de volta altamente perigoso no Mineirão na próxima semana. Os argentinos sabem “encebar” a bola, cozinhar o adversário fora de casa e achar um golzinho fatal. O Atlético terá que jogar mais do que jogou hoje.

No intervalo da partida o Luiz Souza, comentou aqui no blog:

“… vendo Galo x Boca aqui…fim do primeiro tempo. O Galo tá bem, mas o Boca aperta no final. Acho que dá para trazer um bom resultado de lá. O Boca é um time muito certinho, mas não é esse fantasma que pregam. Zaracho bem, Nacho bem. Faltando marcação na intermediária à frente da área do Galo. Penso que o Cuca vai dar uma acertada nisso. De resto, …arriscar mais chutes ao gol.”

Pois, Hulk tentou duas vezes e Jair uma, de bem longe, mas sem a calibragem ideal.

A imprensa argentina berrou contra o gol anulado do Boca. O Diário Olé deu a manchete: “El escandaloso gol anulado a Boca”

El juez Rojas cambió su decisión inicial tras ver la jugada en el monitor y no convalidó el gol de González: no hubo falta previa.

El empujoncito en el gol. Mal anulado por el juez.

https://www.ole.com.ar/boca-juniors/boca-mineiro-gol-anulado-gonzalez_0_n_5j1Gxbv.html

Entretanto, na legenda dessa foto, eles mesmo reconhecem que houve um “empurrãozinho”. Ora, ora, se houve, é falta.

Veja mais em http://blog.chicomaia.com.br .

Veja Mais