Uma aventura com meu novo vizinho

31/10/21 - 12:43

Élida Gontijo

No texto da semana passada falei sobre meu novo amiguinho que quer morar comigo dentro de um livro. Procurei mais detalhes sobre quem vai morar no meu condomínio, afinal vizinho é nossa segunda família. Primeiro descobri o telefone da mãe, através dela todas as informações vieram, esqueci de falar o nome do meu amiguinho é Lucca. Suspeito que o tio foi meu aluno, há bastante tempo, afinal a Professora Maluquinha tem muito tempo de estrada ou melhor sala de aula. 

Muitas pessoas gostaram do texto e assim como o meu amiguinho querem morar também dentro de um livro, em uma história, tendo um pouco de ilusão em um mundo tão cheio de desigualdades. Recebi tantos comentários interessantes, fiquei muito feliz, emocionada com o comentário dos avós, vou leva-los para morar com a gente.

Fiquei pensando e se tem uma coisa que me faz viajar na imaginação é ter uma criança por perto e concordo com Nietzsche quando diz:” Num homem real se esconde uma criança(...) que deseja brincar.” E Lucca acordou a criança que mora em mim, Agora fico só imaginando o condomínio que vamos morar, teremos o saci por ali e aprenderemos com ele a viajar em um redemoinho. A turma do Sítio do Pica Pau Amarelo será toda convidada a nos visitar, penso que a Emília vai gostar do meu amiguinho, que gosta de conversar.

A tardinha sentarei com ele no passeio e vamos fazer bolinhas de sabão , nada de canudo de plástico, faremos de talo de mamão , tudo natural, daremos boas risadas estourando as bolhas. Brincaremos de Amarelinha, pular faz crescer, será que sou tão alta por isso? 

Quando escurecer vamos em busca dos grilos e vagalumes , nosso condomínio será afastado da cidade, longe de toda poluição e barulho, queremos ruídos só dos grilos e das cigarras. O síndico será meu amiguinho, ele quem vai determinar quem pode morar ali nesse recanto das ilusões, das fantasias. Vou dar um jeito de não deixa-lo crescer rápido, pois vai que se apaixona por uma princesa e muda pra longe? 

Ah que coisa boa é sonhar! Sair do lugar de forma leve, tudo fica bem colorido, a alegria pula no peito e as palavras desfilam pelas páginas do caderno que escrevo meus textos. 

Estou esquecendo de falar, será que estou ficando velha? Levaremos Benício, o irmão de Lucca, a princípio ficou assustado comigo  vestida de Professora Maluquinha, mas diante da amizade que fiz com o irmão , virou meu amiguinho também. 

Convido a todos para fazerem parte do nosso condomínio, mas saibam que lá plantaremos esperança, a fé brotará nas covas bem adubadas, não haverá dinheiro, mas troca , a antiga barganha daquilo que temos mais, seremos família. Faremos parte de uma história que nasceu dos olhos de uma criança e brotou no coração de uma professora.

Gratidão Lucca que possamos sonhar juntos e nunca deixar morrer a esperança , alegria que brilha em seus olhos.

Outubro de 2021.