Dia da última rodada do Campeonato Brasileiro mais estranho da história

25/02/21 - 12:24

CHICO MAIA

Mais estranho porque foi disputado sem público nos estádios, fato que ninguém imaginava que algum dia isso fosse acontecer, mas aconteceu, e entra para os livros de história. Podemos dizer também que foi um dos piores tecnicamente. Além da falta de craques em nossos principais clubes, já que os melhores vão cedo para o exterior e retornam no bagaço, a ausência da torcida deixa o estádio sem clima da verdadeira disputa de um jogo de futebol.

Se der Flamengo, justo. Tem melhores jogadores, melhor time e contou com a incompetência dos principais concorrentes (Internacional, Atlético e São Paulo), que entregaram a rapadura de forma inacreditável, perdendo pontos para concorrentes que foram rebaixados ou que estiveram perto. Se der Inter, justo também, pois se aproveita da incompetência do Rogério Ceni, que escalou e mexeu mal no Flamengo, perdendo pontos que em condições normais, escalando certo, não perderia. Ceni é paparicado por grande parte da imprensa, mas ainda não pode ser considerado um bom treinador. Talvez chegue lá um dia. Sei não!

Os rebaixados fizeram por onde: Botafogo, Coritiba, Goiás e Vasco (a não ser que ocorra um milagre para que ele tire a diferença de gols do Fortaleza). Com isso a Série B fica cada vez mais forte e atraente, já que o Cruzeiro resolveu permanecer nela, para mais um ano de suplício geral no mundo azul.

Neste fim de semana começam os estaduais, com as velhas fórmulas. Aí o suplício é para todos nós, que gostamos ou vivemos do futebol. E assim continuaremos pelos séculos vindouros, já que não é do intere$$e da cartolagem, principalmente das federações e CBF, mudar. Qualquer mudança, só se for para beneficiá-lo$, aumentando o poder deles todos. Igual acontece nos labirintos dos três poderes na capital federal.

Veja mais em chicomaia.com.br .

Veja Mais